• 02.03.2011

Pedro Cardoso e Sérgio Eliseu

Hipermemórias

© Pedro Cardoso + Sérgio Eliseu

De que forma, na Arte e no Design, as tecnologias de realidade aumentada e os jogos convergem na criação de narrativas assentes numa arqueologia da memória?

Os conceitos envolvidos neste projecto encontram-se, inevitavelmente, na temática daquilo que é a confrontação entre o real e o virtual. Nesse sentido, fornece uma experiência multidimensional resultante da apropriação do local e das memórias do Observatório da Serra do Pilar, suportada por tecnologias de realidade aumentada.

O Observatório da Serra do Pilar está claramente desvirtuado e desprovido da sua função inicial. O pó, a humidade e outros factores de abandono parcial, do qual é vítima, apoderam-se do local que outrora serviu a investigação científica na recolha de dados climatéricos. Não obstante, apresenta-se como contexto para um jogo assente na exploração de múltiplas narrativas que participam de um fenómeno de multi-dimensionalidade. Aqui constrói-se um puzzle através de memórias apropriadas e/ou ficcionadas sustentadas por camadas de realidades virtuais. Não há uma narrativa da memória, mas (uma) hiper-narrativa de memórias interligadas.